Apresentação: Em comemoração ao aniversário de 450 anos da cidade do Rio de Janeiro, esta oficina aborda um panorama da imprensa periódica imperial, contextualizando a obra de Joaquim Manuel de Macedo no cenário político, social e cultural do Rio de Janeiro Romântico, período em que há um forte desenvolvimento da literatura brasileira dentro e fora dos jornais, e a significativa ampliação do público leitor, um marco para a história literária de todo o país. Autor do clássico A moreninha, de Macedo é o cronista pioneiro do Rio de Janeiro. Trabalhou na imprensa carioca por três décadas, onde suas crônicas e folhetins publicados alcançaram grande popularidade. “O Rio de Joaquim Manuel de Macedo: Jornalismo e literatura no século XIX” analisa a produção do escritor como cronista, a partir da reunião inédita de algumas de suas principais obras do gênero, criando um representativo conjunto de sua obra. Além de ter percorrido os principais acervos que contêm textos e trabalhos de e referente a Macedo, Michelle Strzoda garimpou documentos inéditos para o trabalho, como contratos de edição – firmados em meados do século XIX –, e materiais que denunciam a perspicácia do jornalista e escritor sob o ponto de vista de edição e de marketing editorial.

Professor: Michelle Strzoda

Carga horária: 1 encontro, 2h30min

Local: Babilonia Cultura Editorial (Av. Rio Branco, 185 sala 1.710 Centro Rio de Janeiro – metrô Carioca)

Data: Quarta-feira, 4 de março de 2015

Valor: R$ 150,00 (inscrição + livro)

    • eventos@babiloniaeditorial.com.br
    • 21. 3215-6783
  • Desconto de 50% para professores e estudantes

Flyer

flyer

Imprensa

RELATED PROJECTS